quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Como soa uma bateria em ambientes diferentes, literalmente

Como soa uma bateria em ambientes diferentes, literalmente

Germano Lins

Uma só bateria, um só baterista —Julien Audigier— em vários ambientes de gravação diferentes. Qual o resultado? 
Resposta: Sonoridades completamente diferentes, óbvio. Mas uma coisa é ouvir e outra é ver.
Não existe nenhum truque: no vídeo não foi acrescentado nenhum reverb artificial. O som é o que foi captado em cada ambiente de gravação.
O vídeo foi feito por Vincent Rouffiac, Gérald Massoubre e Lad Agabekov para o site francês Wikidrummers, um site voltado aos bateristas. Aqui temos o making off do vídeo e podemos comprovar como ele foi feito.

domingo, 26 de janeiro de 2014

Gravando um álbum completo com IPhones

Gravando um álbum completo com iPhones

Germano Lins

Sem entrar em discussões acaloradas, não podemos deixar de negar a praticidade que representa registrar ideias em um dispositivo portátil como um telefone celular. Note que, nesse primeiro momento, não menciono a denominação iPhone, pois o mundo Android já possibilita gravação de áudio com qualidade também.

Lembro de um velho amigo que se negava a mencionar o termo  “gravação digital”. Todo seu equipamento devia ser vintage com válvulas; nada podia ter um conversor AD/DA. O interessante é que ele esquecia da atração que tinha pela sonoridade do seu Digital Delay da Boss.

Enquanto as discussões sobre iPhone/iPad, se valem à pena ou não acontecem, me vem à mente as siglas – código SPARS – que identificava a cadeia de produção utilizada nos lançamentos de vários anos atrás. AAD, ADD, DDD e DAD. As letras identificavam o tipo de equipamento utilizado durante a gravação, mixagem e masterização do álbum.

O desenvolvimento da tecnologia tornou inútil identificar as etapas de produção. Além disso, alguém pode dizer que um álbum soa melhor ou pior simplesmente por saber que foi gravado ou mixado numa determinada console? Existem excelentes álbuns gravados e mixados tanto em consoles analógicas como em digitais.

Enquanto alguns seguem protestando pela utilização de dispositivos móveis na hora de compor, de pré-produzir e mesmo produzir trilhas finalizadas, temos que ser inteligentes e aproveitar as facilidades que a portabilidade nos dá.

A utilização de meios portáteis para produzir música é uma realidade, cego é aquele que não quer ver.

Coisa de uns 2 anos atrás, começou a circular a notícia de um álbum gravado em iPhone utilizando diferentes apps e interfaces. Encontramos mais informações sobre este trabalho aqui.

Caso nada fosse dito sobre o álbum ter sido gravado com iPhones com certeza este álbum seria recebido como qualquer outro álbum, mas ao se saber que foi produzido em celulares da Apple, seguramente, os inimigos da portabilidade aplicada à música não ficaram nada contentes ante tal blasfêmia. Lamentavelmente muita gente ainda ouve com os olhos.

Os meninos (visionários) do One Like Son fizeram um trabalho excelente. Empregando as interfaces GuitarJack e AmpKit Link, e os aplicativos FourTrack, AmpKit+ e MultiTrack DAW, juntamente com recursos como  DropBox – meio através do qual compartilharam trilhas pelos integrantes da banda. O trabalho foi mixado no Cubase (em um computador), empregando o aplicativo AC7 Core Mini para controlar o Cubase.

Ah! Então nem tudo foi feito em iPhones.... Quem disse isso? Eu disse que o álbum foi gravado, e não gravado, mixado e masterizado. Mas, acho que isso é pura questão de tempo.

Alô Djs !!! - Mais um Remix Set gratuto - Arcade Frenzy

Mais um Remix Set gratuto  - Arcade Frenzy


Germano Lins

Antigas baterias eletrônicas, explosões digitais, perfurações de 8 bits, melodias com tantos aliasing que parecem sair das caixas,  sonoridade retrô, lo-fi... e sobretudo, muitos sabores para a sua criatividade. Isso é o que encontramos no Arcade Frenzy, um Traktor Remix Set gratuito
Neste remix set gratuito temos um total de 32 sons (2 programas do Kontrol F1) que passo a detalhar:
  • Na cor vermelha na parte esquerda dos dois programas temos 8 loops de bateria eletrônica.
  • Na cor verde temos 8 loops melódicos no mais puro estilo arcade. No P1 temos 2 grupos de 2 melodias cada um, e no P2 temos um grupo de 4 melodias. 
  • Em laranja temos no P1 4 sons "one-shot" de crédito (o som que ouvíamos nas máquinas quando inseríamos um moeda. Em cor azul no P2 temos 7 sons "one-shot" de disparos e tiros.
  • Em amarelo no P1 existem 2 loops ¨galáticos¨, em cinza tempos no P1 e P2 3 loops de sons abstratos cíclicos.
Este Remix Set tem uma finalidade experimental. São sons que inevitavelmente chamarão a atenção e darão um toque vanguardista frente a um público exigente que demanda originalidade. Obviamente, se utilizado com criatividade e sabiamente. 

Alô DJs !!!! - StartStop, Traktor Remix Set gratuito

StartStop, Traktor Remix Set gratuito

Germano Lins

Eis um Remix Set gratuito e com samples livres de direitos para os usuários do Traktor e Kontrol F1. Seu nome é StartStop e você encontra nele loops criados com sons baterias eletrônicas de modelo 909 e 808, linhas de baixo, melodias e acordes com sons em FM, noise sweepers, e muito mais coisas... O conteúdo exato é :

  • 8 loops e bumbo e bumbo-caixa (vermelhor)
  • 3 loops de percussão, congas, bongos ... (azul)
  • 5 loops de hi-hat aberto e fechado (verde)
  • 6 loops de melodias com sons FM (cinza)
  • 4 loops de baixo (amarelo)
  • 4 sons fx (púrpura)
Baixe esse pacote clicando aqui (35.6 MB).

Logic Pro X - Single-Band EQ

Single-Band EQ

Germano Lins

O Single-band EQ (equalizador de uma banda só) pode ser operado de diversos modos diferentes. Quando escolhemos um equalizador através do menu EQ Mode, os parâmetros abaixo são alterados. Podemos escolher:

  • Low Cut or High Cut Filter: O filtro Low Cut atenua a faixa de frequências que está abaixo da frequência selecionada. O filtro High Cut atenua a faixa de frequências que está acima da frequência selecionada.
  • High Shelf or Low Shelf EQ: Low Shelving EQ somente afeta a faixa de frequências que está abaixo da frequência selecionada. High Shelving EQ afeta somente a faixa de frequências que está acima da frequência selecionada.
  • Parametric EQ: Parametric EQ é um filtro simples com uma frequência central variável. Ele pode ser usado para aumentar ou cortar qualquer banda de frequências no espectro de áudio, atuando em uma faixa larga ou como um filtro notch em uma faixa bem estreita. A faixa simétrica de frquências em ambos lados da frequência central é aumentada ou cortada.

Single-Band EQ - Parâmetros
  • Controle e campo Frequency: Arrastamos esse controle para ajustar a frequência de corte.
  • Controle e campo Gain (somente nos filtros Shelf e Parametric): Arrastamos esse controle para determinar a quantidade de corte ou aumento.
  • Menu Slope (somente filtros Cut): Aqui escolhemos a quantidade de corte, em decibéis por oitava. Quanto maior for o valor, mais pronunciado será o efeito.
  • Controle e campo Q-Factor: Arrastamos esse controle para ajustar a largura da banda.

Logic Pro X - Match EQ

Match EQ - Visão Geral

Germano Lins

Usamos o Match EQ para analisar e armazenar uma média do espectro de frequências de um arquivo de áudio e assim poder usá-la como um template, um modelo de EQ. Essa é uma forma bem prática e rápida de deixar dois arquivos de áudio soando da mesma forma. Pelo menos, esse é o objetivo. Esta técnica é conhecida como fingerprint EQ, onde uma impressão digital sonora de um sinal é aplicada em outro sinal.

O Match EQ permite combinar acusticamente a qualidade tonal ou som geral de diferentes músicas que pretendemos incluir em um álbum, por exemplo. Ou então para dar um determinado colorido originário de qualquer fonte de gravação em nossos projetos.

O Match EQ é um equalizador de aprendizagem que analisa o espectro de frequência de um sinal de áudio, como um arquivo de áudio, um sinal de entrada do canal, ou um template (modelo). A média obtida do espectro de frequências do arquivo de origem (o modelo) e do material atual (que pode ser o projeto inteiro ou trilhas individuais que nele estão contidas) é analisada. Estes dois espectros são então combinados, criando assim uma curva de filtro de EQ.

Esta curva de filtro se adapta à resposta do material atual para coincidir com o modelo de frequência. Antes de aplicar a curva de filtro, podemos modificá-la, aumentando ou cortando qualquer quantidade de frequências ou até mesmo inverter a curva.

O analisador permite comparar visualmente o espectro de frequências do arquivo de origem e a curva resultante, tornando mais fácil a tarefe de corrigir manualmente pontos específicos dentro do espectro.

Nota:  Apesar do Match EQ ter a capacidade de fazer coincidir acusticamente as curvas de frequência de dois sinais de áudio, ele não faz coincidir nenhuma diferença de dinâmica entre os dois sinais.

Match EQ - Parâmetros



  • Botão Analyzer: Liga/desliga o analisador.
  • Botão Pre/Post: Usamos para determinar se o analisador irá analisar o sinal antes (Pre) ou depois (Post) do filtro de EQ ser aplicado.
  • Menu View: Aqui determinamos como as informações serão apresentadas no display. As opções são:
    • Auto: Apresenta a informação da função atual, de acordo com o botão que está ativado abaixo do display gráfico.
    • Template: Apresenta o modelo de curva de frequência aprendida com o arquivo fonte. Isso é mostrado em vermelho.
    • Current Material: Apresenta a curva de frequência do áudio aprendido como sendo o material atual. Isso é mostrado em verde.
    • Filter: Apresenta a curva de filtro criada pelo processo de fazer coincidir o template (modelo) com o material atual. Isso é mostrado em amarelo.
  • Botão View: Determina se curvas separadas são mostradas pelo analisador (L&R para estéreo, All Cha para surround) ou o nível máximo adquirido com a soma dos canais (LR Max para estéreo, Cha Max para surround).

Nota:  Os parâmetros View não ficam disponíveis quando usamos esse equalizador em um canal mono.
  • Botões Select: Aplicam alterações na curva de filtro (que foi criada com o processo de fazer coincidir o modelo com o material atual) em: left (L), right (R), ou ambos canais (L+R).
Nota:  Os parâmetros Select não ficam disponíveis quando usamos esse equalizador em um canal mono.
  • Menu Select (somente Surround): Aqui escolhemos um canal individualmente ou todos os canais. As alterações na curva de filtro afeta o canal escolhido quando um único canal é escolhido.
  • Controle e campo Channel Link: Arrastamos esse controle para refinar os ajustes realizados com os botões Select ou as opções do menu Select.
    • Quando ajustado em 100%, todos os canais (L e R em estéreo, ou todos os canais surround) são representados por uma curva de equalização comum à todos.
    • Quando ajustado em 0%, uma curva de filtro em separado é mostrada em cada canal (escolhidos com os botões Select ou com as opções do menu Select).
    • Ajustes entre 0 e 100% misturam esses valores com as alterações realizadas na curva de filtro de cada canal. O que resultará uma curva híbrida.
Nota:  Os parâmetros Channel Link não ficam disponíveis quando usamos este equalizador em um canal mono.
  • Botões LFE Handling (área de parâmetros extendida): Em instâncias surround, clicamos para processar ou ignorar (bypass) o canal LFE.
  • Display Gráfico: Apresenta a curva de filtro criada pelo processo de fazer coincidir o modelo com o material atual. Podemos editar a curva de filtro (veja Editar a curva de filtro do Match EQ).
  • Botão Template Learn: Inicia/interrompe o processo de aprendizagem do espectro de frequência do arquivo fonte.
  • Botão Current Material Learn: Inicia/interrompe o processo de aprendizagem do espectro de frequências do projeto que queremos fazer coincidir com o arquivo fonte.
  • Botão Current Material Match: Clicamos para fazer coincidir o espectro de frequências do material atual com o modelo.
  • Menu Phase: Alterna os princípio operacionais da curva de filtro.
    • Linear: Evita a alteração da fase do sinal, em decorrência aumenta a latência.
    • Minimal: Altera a fase do sinal (um pouco), com latência reduzida.
    • Minimal, Zero Latency: Não adiciona latência, mas exige um pouco mais da CPU do que as outras opções.
  • Controle e campo Apply: Arrastamos esse controle para determinar o impacto da curva de filtro no sinal.
    • Valores acima de 100% magnificam o efeito.
    • Valores abaixo de 100% reduzem o efeito.
    • Valores negativos (−1% a −100%) invertem os picos da curva de filtro.
    • Valor em 100% não causa impacto na curva de filtro.
  • Controle e campo Smoothing: Arrastamos para determinar a quantidade de suavização da curva de filtro, utilizando uma largura de banda constante em passos de semitons. Valor em 0.0 não causa impacto na curva de filtro. Valor em 1.0 implica em uma largura de banda suave de um semitom. Valor em 4.0 implica em suavização da largura de bande por 4 semitons (terça maior). Valor em 12.0 implica numa largura de banda de uma oitava, e assim por diante.
Nota:  Smoothing não afeta nenhuma alteração manual que tenha sido feita na curva de filtro.
  • Fade Extremes (área de parâmetros extendida): Marcamos esta opção para suavizar a curva de filtro em seus extremos no espectro de frequências.

Usando o Match EQ

A seguir apresento as técnicas mais comuns do Match EQ para coincidir o espectro de frequência de uma mixagem com o espectro de um arquivo de áudio fonte. 

Aprender ou criar um modelo Match EQ

Podemos arrastar um arquivo de áudio para o botão Template Learn ou Current Material Learn para usá-lo como modelo ou material atual, respectivamente. É apresentada uma barra de progresso durante o processo de análise do arquivo. Também podemos carregar uma configuração do Match EQ que tenha sido salva anteriormente, ou então importar os ajustes de uma outra instância do Match EQ que ainda não tenha sido salva através da cópia e colagem.

Realize uma das seguintes ações:
  • Arraste um arquivo de áudio do Finder para cima do botão Template Learn, e selecione o canal fonte como um sidechain.
  • Use o Match EQ no canal fonte e salve a configuração. Importe a configuração salva na instância que deseja do Match EQ.
A curva de filtro é automaticamente alterada a cada vez que um novo modelo ou espectro de material corrente é aprendido  ou carregado quando o botão Match está ativado. Podemos alternar entre a curva de filtro coincidida (e possivelmente escalonada ou manualmente modificada) e uma resposta flat ligando ou desligando o botão Match.

Fazer coincidir a equalização de uma mixagem com a EQ de um arquivo de áudio fonte
  1. No projeto que desejamos fazer coincidir com o arquivo de áudio fonte, inserimos o Match EQ (normalmente no canal Output 1-2).
  2. Arrastamos o arquivo de áudio fonte para cima do botão Template Learn.
  3. Posicionamos o cursor de reprodução no início do projeto de mixagem, clicamos no botão Current Material Learn, e reproduzimos o projeto (o material atual) do início ao fim.
  4. Chegando a reprodução no fim, clicamos em Current Material Match (isso irá desligar automaticamente o botão Current Material Learn).
Quando clicamos em um dos botões Learn, o parâmetro View é definido como Automático e o display gráfico mostra a curva de frequência para a função. Podemos rever qualquer uma das curvas de freqüência quando nenhum arquivo está sendo processado escolhendo uma das outras opções View.

Nota:  Somente um dos botões Learn pode ser ligado por vez. Por exemplo, caso o botão Learn na seção Template esteja ligado e cliquemos no botão Learn da seção Current Material, a análise template é interrompida, e o status atual é usado como modelo espectral, e a análise do áudio entrante (material atual) é inciada.

Menu de contexto de edição de espectro
Este menu possui comandos que podem ser aplicados nos espectros do modelo e do material atual.
  • Control-clique (ou clique-direito) em um dos botões Learn, depois escolha uma das seguintes opções no menu que é apresentado:
    • Clear Current Material Spectrum: Limpa o espectro atual.
    • Copy Current Spectrum: Copia o espectro atual para o Clipboard (isto pode ser feito em qualquer instância do Match EQ do projeto atual).
    • Paste Current Spectrum: Cola o conteúdo do Clipboard na instância atual do Match EQ.
    • Load Current Material Spectrum from setting file: Carrega o espectro de um arquivo de configuração que tenha sido salvo anteriormente.
    • Generate Current Material Spectrum from audio file: Gera um espectro de frequências de um determinado arquivo de áudio escolhido.

Refinar a curva do Match EQ

A cada vez que coincidimos dois sinais de áudio, através de um carregamento ou de uma aprendizado, enquanto Match está ativado ou depois de um novo espectro ter sido carregado, qualquer alteração existente na curva de filtro é descartada e o parâmetro Apply é condifugrado em 100%.

Realize uma das seguintes ações:
  • Arraste o controle Apply para abaixo do valor padrão de 100% para evitar alterações extremas no espectro da mixagem.
  • Arraste o controle Smoothing para ajustar o nível de precisão espectral da curva de EQ gerada, se isso for necessário

Usar EQ coincidida em um canal
O Match EQ cria uma curva de filtro baseada nas diferenças entre o modelo e o material atual. Esta curva é automaticamente compensada nas diferenças de ganho entre o modelo e o material atual, resultando em uma curva EQ em 0 dB. Uma resposta curva de filtro amarela é mostrada no display gráfico, apresentando o espectro médio da mixagem. Esta curva aproxima (espelha) o espectro médio do arquivo de áudio fonte.
  1. Escolha o canal que deseja coincidir no menu Sidechain da janela Match EQ.
  2. Clique no botão Template Learn.
  3. Reproduza o arquivo de áudio fonte do início ao final. Para interromper o processo de aprendizagem, clique no botão Template Learn novamente.
  4. Retorne ao início da mixagem, clique em Current Material Learn, e reproduza a mixagem (o material atual) do início ao fim.
  5. Ao terminar, clique em Current Material Match (isso irá desligar automaticamente o botão Current Material Learn).

Editar a curva de filtro do Match EQ

Podemos editar a curva de filtro no display gráfico ajustando os vários pontos em cada banda. Conforme arrastamos um ponto, o valor atual é mostrado no display gráfico, o que nos permite alterações bem precisas.

Ajustar os valores de curva do Match EQ

Realize uma das seguintes ações:
  • Para deslocar a frequência de pico da banda (em todo o espectro), arraste horizontalmente.
  • Para ajustar o ganho da banda, arraste verticalmente.
  • Para ajustar o fator Q, arraste verticalmente enquanto mantém a tecla Shift pressionada.
  • Para restaurar o ganho em 0 dB, arraste enquanto mantém a tecla Option pressionada.

Nota:  Caso modifiquemos manualmente a curva de filtro, podemos restaurá-la ao seu valor original (flat) arrastando enquanto mantemos a tecla Option pressionada pelo fundo do display do analisador. Clicando enquanto mantemos a tecla Option pressionada no fundo novamente restauramos a curva mais recente.

O fator Q do filtro é determinado (e ajustado) pelas distâncias verticais entre a posição clicada na curva.

Ajustar o fator Q no Match EQ

Realize uma das seguintes ações:
  • Para ajustar o Q em 10, que é o valor máximo (no caso de filtros notch), clique na curva.
  • Para diminuir o valor de Q, clique acima ou abaixo da curva. Quando mais afastado da curva clicar, menor será o valor ajustado (o mínimo é 0.3).

Alterar o intervalo da escala do Match EQ

As cores e os modos das escalas dB à esquerda e à direita da tela são automaticamente adaptadas para a função ativa. Se o analisador estiver ativado, a escala da esquerda exibe o espectro de média no sinal, enquanto que a escala da direita serve como uma referência para os valores de pico do analisador. A gama dinâmica de 60 dB é mostrada por padrão. Caso isso não seja suficientemente preciso para a edição, podemos aumentar o intervalo.

  • Arraste em qualquer escala para ajustar valores acima de +20 dB e −100 dB.

Alterar o ganho do Match EQ com as escalas

  • Arraste em qualquer escala para ajustar o ganho geral da curva de filtro de −30 a +30 dB.
A escala da esquerda — e a da direita, caso o analisador esteja inativo — apresenta os valores da curva de filtro em dB.

sábado, 25 de janeiro de 2014

Logic Pro X - Linear Phase EQ

Linear Phase EQ - Visão Geral

Germano Lins

O equalizador Linear Phase é similar ao Channel EQ, compartilha os mesmos parâmetros e também tem seu layout baseado em oito bandas. Podemos inclusive copiar os ajustes de parâmetros entre os dois equalizadores. No Logic Pro X, se substituirmos o Channel EQ pelo Linear Phase EQ (ou vice versa) no mesmo slot de inserção, os ajustes atuais do Channel EQ são automaticamente transferidos para o Linear Phase EQ.

O Linear Phase EQ utiliza uma tecnologia superior que preserva a fase do sinal de áudio. A coerência da fase é sempre mantida, mesmo quando aplicamos curvas extremas de EQ.

Uma outra diferença entre o Channe, EQ e o Linear Phase EQ é que este último utiliza uma quantidade fixa de recursos da CPU, independentemente da quantidade de bandas que estejam ativadas. O Linear Phase EQ também apresenta mais latência.

Nota:  É recomendado usar o Linear Phase EQ em tarefas de masterização e evitar usá-lo quando estivermos tocando software instruments ao vivo. Talvez possa a vir ser necessário usar o recurso de compensação de latência do Logic Pro X quando formos usar o Linear Phase EQ.

Linear Phase EQ - A janela
O lado esquerdo da janela do equalizador possui os controles Gain e Analyzer. A área central da janela contém o display gráfico e os parâmetros para a moldagem de cada banda de equalização.


Linear Phase EQ - Parâmetros
  • Controle e campo Master Gain: Arrastamos esse controle para determinar o nível geral do sinal na saída. Usamos ele depois de dar ganho ou atenuar individualmente as bandas de frequência.
  • Botão Analyzer: Liga/desliga o analisador.
  • Botão Pre/Post EQ: Determina se o analisador deve mostrar a curva de frequências antes ou depois da equalização ser aplicada. Isso quando o analisador está ligado, obviamente.
  • Menu Resolution: Neste menu escolhemos a resolução (precisão) do analisador. As opções disponíveis são:  low (1024 points) (baixa), medium (2048 points) (média), e high (4096 points) (alta). Devemos considerar que quanto maior for a precisão, maior será a carga de processamento na CPU.
  • Botões Band On/Off: Cada botão liga/desligada sua banda correspondente. Cada botão indica o tipo de filtro a ser aplicado:
    • Band 1 é um filtro highpass (passa-altas). Serve para cortar as frequências subgraves e graves que estão à esquerda da frequência de corte. 
    • Band 2 é um filtro low shelving. Atua nas frequências subgraves e graves a partir da frequência de corte.
    • Band 3 a 6 são filtros paramétricos. Servem para aumentar ou cortar as frequências que estão em torno da frequência de corte. O alcance do entrono é dado pelo parâmetro Q (quanto maior, menor (mais estreita) será a faixa a ser atingida).
    • Band 7 é um filtro high shelving. Atua nas frequências mais a partir da frequência de corte.
    • Band 8 é um filtro lowpass (passa-baixas).
  • Display gráfico: Apresenta a curva atual de cada banda de equalização. A escala é mostrada em dB.
    • Arrastamos horizontalmente na parte do display que compreende cada banda para ajustar a frequência fundamental (corte) de cada banda.
    • Arrastamos verticalmente na parte do display que compreende cada banda para ajustar o ganho de cada banda (exceto nas banda 1 e 8). O display reflete as alterações imediatamente.
    • Arrastamos o ponto de cada banda para ajustar o fator Q. É mostrado um Q quando posicionamos o ponteiro do mouse sobre um ponto.
  • Campos Frequency: Arrastamos nesse campo para ajustar a frequência fundamental de cada banda.
  • Campos Gain/Slope: Arrastamos nesses campos para ajustar a quantidade de ganho de cada banda. Nas banda 1 e 8, o arrasto altera a inclinação do filtro.
  • Campos Q: Arrastamos nesses campos para ajustar o fator Q ou ressonância de cada banda , ou seja, a largura da faixa das frequências que serão afetadas.
    Nota:O parâmetro Q da banda 1 e da banda 8 é inócuo quando o slope está configurado em 6 dB/Oct. Quando o parâmetro Q está ajustado em um valor extremamente alto (100, por exemplo), esses filtros somente afetam uma faixa de frequências muito estreita, e portanto pode ser usado como um filtro notch, um filtro de corte.


    • Botão Link: Ativa o recurso Gain-Q coupling, que ajusta automaticamente o Q (a largura de banda) quando aumentamos ou diminuímos o ganho de qualquer banda, para dessa forma preservar a intensidade da largura de banda da curva em formato sino.
    • Botões Analyzer Mode (área de parâmetros extendida): Clicamos para escolher entre o modo Peak ou RMS.
    • Controle e campo Analyzer Decay (área de parâmetros extendida): Arrastamos esse controle para definir a taxa de decaimento (em dB por segundo) da curva do Analyzer (decaimento de pico em modo Peak ou decaimento em média quando em modo RMS).
    • Menu Gain-Q Couple Strength (área de parâmetros extendida): Aqui escolhemos a quantidade de acoplamento Gain-Q. As opções disponíveis são:
      • Strong: Preserva a maior parte da largura de banda percebida.
      • Light or medium: Permite algumas alterações como aumentar ou diminuir o ganho.
      • Asymmetric: Este ajuste apresenta um acoplamento mais forte para valores de ganho negativos do que para valores positivos, então a largura de banda é mais percebida e preservada quando cortamos, ao invés de dar ganho.
    Nota:  Se aplicarmos automação em um parâmetro Q com um ajuste de acoplamento Gain-Q diferente, o valor atual de Q fica diferente do valor que foi gravado com a automação.

    Linear Phase EQ - Dicas de utilização

    O Linear Phase EQ é muito bom para ser usado como uma ferramenta de masterização inserido no canal Master ou nos canais de saída. A maneira de usar o Linear Phase EQ depende do material de áudio e do resultado que se pretende. Uma forma muito útil de utilizá-lo é:  Ajustar o Linear Phase EQ em resposta flat (sem nenhum ganho ou corte em nenhuma frequência), ligar o analisador e depois reproduzir o sinal de áudio. Dessa forma podemos observar quais as partes do espectro de frequências possuem picos muito altos e quais as partes que estão muito baixas. Devemos também prestar atenção onde o sinal distorce ou clipa, acontecendo isso, usamos o display gráfico ou os controles de parâmetros para ajustar de forma a corrigir as discrepâncias nas bandas de frequência.

    Podemos reduzir ou até eliminar frequências não desejadas, e podemos aumentar as frequências que estão muito baixas de forma a deixá-las mais pronunciadas. Ajustamos a frequência central das bandas 2 a 7 de forma a afetar uma frequência específica — podendo ser um ganho em uma frequência que seja o tom da música, ou um corte em uma frequência que destoa do contexto, ou mesmo ruídos de ambientes. Ao mesmo tempo, alteramos o parâmetro Q de forma que o corte ou ganho atue somente numa estreita faixa de frequências.

    Cada banda no equalizador possui uma cor diferente que a identifica no display gráfico. Podemos ajustar a frequência de uma banda graficamente, bastando para isso arrastar horizontalmente. E arrastamos verticalmente para ajustar a quantidade de ganho da determinada banda de frequências. Nas bandas 1 e 8, os valores slope somente podem ser alterados na área de parâmetros abaixo do display gráfico. Cada banda possui um ponto pivot (um ponto de controle) que fica posicionado bem na frequência central da banda; podemos ajustar a largura da banda arrastando este ponto para cima ou para baixo.

    Também podemos ajustar a escala em decibéis do display gráfico, bastando para isso arrastar verticalmente ou a margem esquerda ou a margem direita do display, onde a escala em dB aparece. Mas só podemos fazer isso quando o analisador está desligado. Quando o analisador está ligado, ao arrastarmos sobre a margem esquerda ajustamos a escala dB linearmente, e quando arrastamos verticalmente sobre a margem direita ajustamos a escala do analisador em dB.

    Para aumentar a resolução do display de curva de EQ em torno da linha 0, arrastamos a escala dB, que está no lado esquerdo, para cima. Quando arrastamos para baixo diminuímos a resolução.

    Linear Phase EQ Analyzer

    O analisador faz uso de um processo matemático chamado Fast Fourier Transform (FFT) para conseguir dar em tempo real a curva de todas as frequências que compõem o sinal entrante no EQ. Isso é sobreposto a qualquer curva de EQ que tenhamos ajustado. A curva do analisador usa a mesma escala que as curvas de EQ, o que facilita o reconhecimento de importantes frequências no sinal de áudio entrante. Essa característica também simplifica as tarefas de ajustes na curva de EQ para aumentar ou diminuir níveis das frequências ou faixas de frequências.

    As bandas derivadas da análise FFT são escalonadas logaritmicamente - existindo então mais bandas nas oitavas mais altas do que nas oitavas mais baixas.

    Assim que o analisador é ativado, podemos alterar o escalonamento com o parâmetro Analyzer Top que se encontra à direita do display gráfico. A área visível representa a faixa dinâmica de 60 dB. Arrastamos verticalmente para ajustar o valor entre +20 dB e −80 dB. O display do analisador é sempre dB linear.

    Nota:  Resoluções muito altas no analisador requerem mais poder de processamento do computador. Resoluções muito altas somente são necessárias quando tentamos obter uma análise muito precisa das frequências muito baixas, por exemplo. Devemos sempre manter o analisador desligado ou fechar a janela do equalizador depois de realizarmos os ajustes nos parâmetros do equalizador, para dessa forma economizar recursos do processador principal do computador.

    Logic Pro X - Channel EQ

    Channel EQ - Visão Geral

    Germano Lins

    O Channel EQ é um equalizador multibanda muito versátil. Ele possui oito bandas de frequências (dois filtros - um passa-baixas e um passa-altas), dois filtros high shelving, e quatro bandas paramétricas bem flexíveis. Também possui um analisador Fast Fourier Transform (FFT) que apresenta as alterações realizadas na curva de frequência do sinal em tempo real, o que possibilita observar quais faixas de frequência necessitam ajustes.

    Usamos o Channel EQ para modelar a sonoridade de uma trilha individualmente, ou de todo um arquivo de áudio, ou ainda para modelar a tonalidade da mixagem geral (a soma de todas as trilhas). Os controles do analisador e do display gráfico facilitam em muito a alteração e observação que estão sendo realizadas no sinal em tempo real.

    Dica:  Os parâmetros do Channel EQ e do Linear Phase EQ são idênticos, o que possibilita o intercâmbio (cópias) de seus ajustes. No Logic Pro X, quando substituímos um Channel EQ por um Linear Phase EQ, (ou vice-versa) no mesmo slot de inserção de efeitos, os ajustes atuais do EQ substituído são automaticamente transferidos para o EQ que o substitui.


    Channel EQ - A janela

    O lado esquerdo da janela do Channel EQ contém os controles Gain (ganho) e do Analyzer. A área central da janela é composta do display gráfico da curva de equalização e dos parâmetros de modelagem de cada banda de equalização.



















    Channel EQ - parâmetros
    • Controle e campo Master Gain: Arrastamos esse controle para determinar o nível geral do sinal na saída. Usamos ele depois de dar ganho ou atenuar individualmente as bandas de frequência.
    • Botão Analyzer: Liga/desliga o analisador.
    • Botão Pre/Post EQ: Determina se o analisador deve mostrar a curva de frequências antes ou depois da equalização ser aplicada. Isso quando o analisador está ligado, obviamente.
    • Menu Resolution: Neste menu escolhemos a resolução (precisão) do analisador. As opções disponíveis são:  low (1024 points) (baixa), medium (2048 points) (média), e high (4096 points) (alta). Devemos considerar que quanto maior for a precisão, maior será a carga de processamento na CPU.
    • Botões Band On/Off: Cada botão liga/desligada sua banda correspondente. Cada botão indica o tipo de filtro a ser aplicado:
      • Band 1 é um filtro highpass (passa-altas). Serve para cortar as frequências subgraves e graves que estão à esquerda da frequência de corte. 
      • Band 2 é um filtro low shelving. Atua nas frequências subgraves e graves a partir da frequência de corte.
      • Band 3 a 6 são filtros paramétricos. Servem para aumentar ou cortar as frequências que estão em torno da frequência de corte. O alcance do entrono é dado pelo parâmetro Q (quanto maior, menor (mais estreita) será a faixa a ser atingida).
      • Band 7 é um filtro high shelving. Atua nas frequências mais a partir da frequência de corte.
      • Band 8 é um filtro lowpass (passa-baixas).
    • Display gráfico: Apresenta a curva atual de cada banda de equalização. A escala é mostrada em dB.
      • Arrastamos horizontalmente na parte do display que compreende cada banda para ajustar a frequência fundamental (corte) de cada banda.
      • Arrastamos verticalmente na parte do display que compreende cada banda para ajustar o ganho de cada banda (exceto nas banda 1 e 8). O display reflete as alterações imediatamente.
      • Arrastamos o ponto de cada banda para ajustar o fator Q. É mostrado um Q quando posicionamos o ponteiro do mouse sobre um ponto.
    • Campos Frequency: Arrastamos nesse campo para ajustar a frequência fundamental de cada banda.
    • Campos Gain/Slope: Arrastamos nesses campos para ajustar a quantidade de ganho de cada banda. Nas banda 1 e 8, o arrasto altera a inclinação do filtro.
    • Campos Q: Arrastamos nesses campos para ajustar o fator Q ou ressonância de cada banda , ou seja, a largura da faixa das frequências que serão afetadas.

    Nota:  O parâmetro Q da banda 1 e da banda 8 é inócuo quando o slope está configurado em 6 dB/Oct. Quando o parâmetro Q está ajustado em um valor extremamente alto (100, por exemplo), esses filtros somente afetam uma faixa de frequências muito estreita, e portanto pode ser usado como um filtro notch, um filtro de corte.
    • Botão Link: Ativa o recurso Gain-Q coupling, que ajusta automaticamente o Q (a largura de banda) quando aumentamos ou diminuímos o ganho de qualquer banda, para dessa forma preservar a intensidade da largura de banda da curva em formato sino.
    • Botões Analyzer Mode (área de parâmetros extendida): Clicamos para escolher entre o modo Peak ou RMS.
    • Controle e campo Analyzer Decay (área de parâmetros extendida): Arrastamos esse controle para definir a taxa de decaimento (em dB por segundo) da curva do Analyzer (decaimento de pico em modo Peak ou decaimento em média quando em modo RMS).
    • Menu Gain-Q Couple Strength (área de parâmetros extendida): Aqui escolhemos a quantidade de acoplamento Gain-Q. As opções disponíveis são:
      • Strong: Preserva a maior parte da largura de banda percebida.
      • Light or medium: Permite algumas alterações como aumentar ou diminuir o ganho.
      • Asymmetric: Este ajuste apresenta um acoplamento mais forte para valores de ganho negativos do que para valores positivos, então a largura de banda é mais percebida e preservada quando cortamos, ao invés de dar ganho.
    Nota:  Se aplicarmos automação em um parâmetro Q com um ajuste de acoplamento Gain-Q diferente, o valor atual de Q fica diferente do valor que foi gravado com a automação.

    Channel EQ - Dicas de uso

    A forma de usar o Channel EQ depende do material de áudio e do resultado que se pretende. Uma das utilizações mais comuns e muito útil é: Ajustar o Channel EQ em resposta flat (nenhum ganho ou corte nas frequências), ligar o analisador, e reproduzir o sinal de áudio. Daí podemos observar no display gráfico de curva quais partes do espectro de freqüência têm picos freqüentes e quais partes do espectro estão em um nível baixo. Devemos prestar atenção onde o sinal distorce ou clipa (clipping), ocorrendo isso, usamos o display gráfico ou os controles de parâmetros para ajustar e corrigir essas discrepâncias nas bandas de frequências.

    Podemos reduzir ou até eliminar frequências não desejadas, e podemos aumentar as frequências que estão muito baixas de forma a deixá-las mais pronunciadas. Ajustamos a frequência central das bandas 2 a 7 de forma a afetar uma frequência específica — podendo ser um ganho em uma frequência que seja o tom da música, ou um corte em uma frequência que destoa do contexto, ou mesmo ruídos de ambientes. Ao mesmo tempo, alteramos o parâmetro Q de forma que o corte ou ganho atue somente numa estreita faixa de frequências.

    Cada banda no equalizador possui uma cor diferente que a identifica no display gráfico. Podemos ajustar a frequência de uma banda graficamente, bastando para isso arrastar horizontalmente. E arrastamos verticalmente para ajustar a quantidade de ganho da determinada banda de frequências. Nas bandas 1 e 8, os valores slope somente podem ser alterados na área de parâmetros abaixo do display gráfico. Cada banda possui um ponto pivot (um ponto de controle) que fica posicionado bem na frequência central da banda; podemos ajustar a largura da banda arrastando este ponto para cima ou para baixo.

    Também podemos ajustar a escala em decibéis do display gráfico, bastando para isso arrastar verticalmente ou a margem esquerda ou a margem direita do display, onde a escala em dB aparece. Mas só podemos fazer isso quando o analisador está desligado. Quando o analisador está ligado, ao arrastarmos sobre a margem esquerda ajustamos a escala dB linearmente, e quando arrastamos verticalmente sobre a margem direita ajustamos a escala do analisador em dB.

    Para aumentar a resolução do display de curva de EQ em torno da linha 0, arrastamos a escala dB, que está no lado esquerdo, para cima. Quando arrastamos para baixo diminuímos a resolução.

    Channel EQ Analyzer

    O analisador faz uso de um processo matemático chamado Fast Fourier Transform (FFT) para conseguir dar em tempo real a curva de todas as frequências que compõem o sinal entrante no EQ. Isso é sobreposto a qualquer curva de EQ que tenhamos ajustado. A curva do analisador usa a mesma escala que as curvas de EQ, o que facilita o reconhecimento de importantes frequências no sinal de áudio entrante. Essa característica também simplifica as tarefas de ajustes na curva de EQ para aumentar ou diminuir níveis das frequências ou faixas de frequências.

    As bandas derivadas da análise FFT são escalonadas logaritmicamente - existindo então mais bandas nas oitavas mais altas do que nas oitavas mais baixas.

    Assim que o analisador é ativado, podemos alterar o escalonamento com o parâmetro Analyzer Top que se encontra à direita do display gráfico. A área visível representa a faixa dinâmica de 60 dB. Arrastamos verticalmente para ajustar o valor entre +20 dB e −80 dB. O display do analisador é sempre dB linear.

    Nota:  Resoluções muito altas no analisador requerem mais poder de processamento do computador. Resoluções muito altas somente são necessárias quando tentamos obter uma análise muito precisa das frequências muito baixas, por exemplo. Devemos sempre manter o analisador desligado ou fechar a janela do equalizador depois de realizarmos os ajustes nos parâmetros do equalizador, para dessa forma economizar recursos do processador principal do computador.

    Equalizadores do Logic Pro X

    Equalizadores - Visão Geral

    Germano Lins

    O equalizador, comumente abreviado como EQ, é um dispositivo que dá forma a um áudio entrante através da alteração do nível de específicas bandas de frequência.

    A equalização é um dos processos mais utilizados, tanto em projetos musicais como em pós-produção para vídeos. Usamos EQ para, de forma sutil ou significativa, moldar a sonoridade de um arquivo de áudio, de um instrumento, de uma performance vocal, ou de um projeto completo com instrumentos e vozes, ajustando frequências específicas ou faixas constituídas de várias frequências vizinhas.

    Os equalizadores são filtros que permitem a certas frequências passarem através dele enquanto ele atua aumentando (boosting) ou diminuindo/cortando (cutting) o nível de outras frequências. Alguns equalizadores podem ser usados em modo “broad-brush”, para evidenciar ou atenuar uma grande faixa de frequências. Já outros equalizadores, particularmente os paramétricos e multibanda, são utilizados para tarefas mais precisas.

    O tipo mais simples de equalizador é o single-band (única banda), com os controles de low cut (corte de graves) e high cut (corte de altas), filtro lowpass (passa-baixas) e filtro highpass (passa-altas), filtro shelving (prateleira), e equalização paramétrica.

    Os equalizadores multibanda, como o Channel EQ ou o Linear Phase EQ do Logic Pro X, combinam diversos filtros em uma única unidade, possibilitando assim o controle de uma faixa bem grande do espectro de frequências. Eles também possibilitam ajustar de forma independente uma determinada frequência, uma largura de banda, e o fator Q de cada banda de frequências, o que nos dá um controle muito preciso na modelagem da sonoridade de qualquer material de áudio fonte, estando esse material constituído de um só instrumento ou voz, ou a mixagem geral de uma música composta de vários elementos e instrumentos.


    sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

    Efeito Compressor do Logic Pro X

    Compressor do Logic Pro X

    Germano Lins

    Compressor - Visão Geral

    Compressor foi projetado para emular a sonoridade e resposta de um dispositivo compressor analógico profissional em hardware. Ele comprime o áudio, reduzindo assim os sons que ultrapassam um determinado nível (threshold), suavizando a dinâmica e aumentando o volume geral — a intensidade sonora percebida.

    A compressão ajuda a revelar partes de uma trilha ou de uma mixagem, evitando que as partes mais suaves fiquem inaudíveis. É, provavelmente, a ferramenta de modelagem de som mais versátil e é amplamente utilizado na mixagem, juntamente com o Equalizador.

    Podemos usar o Compressor em trilhas individuais, como vocal, instrumental, e trilhas de efeitos, bem como podemos usá-lo na mixagem geral. Normalmente inserimos o Compressor diretamente no canal.



    Parâmetros do Compressor

    • Menu Circuit Type: Aqui escolhemos o tipo de circuito emulado pelo Compressor. As opções são: Platinum, Studio or Vintage VCA or FET, e Vintage Opto.
    • Menu Side Chain Detection: Aqui escolhemos o tipo de sinal para exceder ou cair abaixo do nível threshold. Max utiliza o nível máximo de cada sinal side-chained. Sum utiliza a soma de todos os sinais side-chained signals. 

    segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

    Como escolher um software para DJ?

    Muita gente têm a certeza que o seu futuro como DJ está totalmente ligado ao uso de um computador como sendo o centro nervoso do seu setup do dia a dia, inclusive têm muito claro as especificações técnicas que um computador para tal uso deve possuir. Mas o software a ser empregado é a grande dúvida para muitos. Existe o melhor software? Deve-se escolher um software de acordo com alguma característica determinada que irá facilitar o trabalho? Deve-se escolher um software que se adapte melhor à forma de trabalhar? Deve-se escolher um software pelo seu preço? Pode-se testar antes de comprar?

    segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

    Relação Andamento <-> Tempos de Delay

    Relação Andamento <-> Tempos de Delay


    Nesta tabela temos a relação existente entre o andamento (bpm) dos projetos e os tempos de delay (milissegundos). Muito útil quando possuímos um dispositivo de delay, tanto em formato plug-in como em hardware externo, que não possua sincronismo MIDI, ou seja, que não sincroniza automaticamente ao tempo do projeto.

    Outro caso muito comum ocorre com os sintetizadores em hardware antigos, como por exemplo os da Korg série MT e 01Yamaha série SY, etc., cujas unidades de efeitos integradas não incorporam sincronização dos tempos de seus delays como o tempo do MIDI externo e às vezes nem com o tempo de seus próprios sequenciadores internos.

    Quem possui um sintetizador Vintage sabe do que se trata. Abaixo temos uma tabela que apresenta a correspondência entre BPMs e Milissegundos, algo imprescindível para quem deseja produzir projetos profissionais.

    TEMPO1/4 Nota1/8 Nota1/16 Nota1/4 * Nota1/8 * Nota1/16 *Nota1/4 quialtera1/8 quialtera1/16quialtera
    601.5.251.5.75.375.666.333.166
    61.983.491.2451.475.737.369.655.327.164
    62.967.483.2411.451.725.363.645.322.161
    63.952.476.2381.428.714.357.635.317.158
    64.937.468.2341.406.703.351.625.312.156
    65.923.461.2301.384.692.346.615.307.153
    66.909.454.2271.363.681.341.606.302.151
    67.895.447.2231.343.671.336.597.298.149
    68.882.441.2201.323.661.331.588.294.147
    69.869.434.2171.304.652.326.579.289.145
    70.857.428.2141.285.642.321.571.285.142
    71.845.422.2111.267.633.317.563.281.140
    72.833.416.2081.250.625.312.555.277.139
    73.821.410.2051.232.616.308.548.273.137
    74.810.405.2021.216.608.304.540.270.135
    75.800.400.2001.200.600.300.533.266.133
    76.789.394.1971.184.592.296.526.263.131
    78.769.384.1921.153.576.288.512.256.128
    79.759.379.1891.139.569.264.506.253.126
    80.750.375.1871.125.562.281.500.250.125
    81.740.370.1851.111.555.277.493.246.123
    82.731.365.1821.097.548.274.487.243.122
    83.722.361.1801.084.542.271.482.240.120
    84.714.357.1781.071.535.268.476.238.119
    85.750.352.1761.058.529.264.470.235.117
    86.697.348.1741.046.523.261.465.232.116
    87.689.344.1721.034.517.258.459.229.115
    88.681.340.1701.022.511.255.454.227.113
    89.674.337.1681.011.505.252.449.224.112
    90.666.333.1661.000.500.250.444.222.111
    91.659.329.164.989.494.247.439.219.109
    92.652.326.163.978.489.244.434.217.108
    93.645.322.161.967.483.242.430.214.107
    94.638.319.159.957.478.239.425.212.106
    95.631.315.157.947.473.236.421.210.105
    96.625.312.156.937.468.234.416.208.104
    97.618.309.154.927.463.232.412.206.103
    98.612.306.153.918.459.229.408.204.102
    99.606.303.151.909.454.227.404.201.101
    100.600.300.150.900.450.225.400.199.100
    101.594.297.148.891.445.222.396.197.099
    102.588.294.147.882.441.220.392.196.098
    103.582.291.145.873.436.218.388.194.097
    104.576.288.144.865.432.216.384.192.096
    105.571.285.142.857.428.214.381.190.090
    106.566.283.141.849.424.212.377.188.094
    107.560.280.140.841.420.210.373.186.093
    108.555.277.138.833.416.208.370.185.092
    109.550.275.137.825.412.206.367.183.091
    110.545.272.136.818.409.204.363.181.090
    111.540.270.135.810.405.202.360.180.090
    112.535.267.133.803.401.201.357.178.089
    113.530.265.132.796.398.199.354.176.088
    114.526.263.131.789.394.197.350.175.087
    115.521.260.130.782.391.195.347.173.087
    116.517.258.129.775.387.194.344.172.086
    117.512.256.128.769.384.192.341.170.085
    118.508.252.127.762.381.190.339.169.084
    119.504.252.126.756.378.189.336.168.084
    120.500.250.125.750.375.187.333.166.083
    121.495.247.123.743.371.186.333.165.082
    122.491.245.122.737.368.184.327.163.082
    123.487.243.121.731.365.183.325.162.081
    124.483.241.120.725.362.181.322.161.080
    125.480.240.120.720.360.180.320.159.080
    126.476.238.119.714.357.178.317.158.079
    127.472.236.118.708.354.177.315.157.078
    128.468.234.117.703.351.175.312.156.078
    129.465.232.116.697.348.174.310.154.077
    130.461.230.115.692.346.173.307.153.076
    131.458.229.114.687.343.171.305.152.076
    132.454.227.113.681.340.170.303.151.075
    133.451.225.112.676.338.169.300.150.075
    134.447.223.111.671.335.168.298.149.074
    135.444.222.111.666.333.166.296.148.074
    136.441.222.110.661.330.165.294.147.073
    137.437.218.109.656.328.164.292.145.073
    138.437.218.109.656.328.164.292.145.073
    139.431.215.107.647.323.161.287.143.072
    140.428.214.107.642.321.160.285.142.071
    141.425.212.106.638.319.159.283.141.070
    142.422.211.105.633.316.158.281.140.070
    143.419.209.104.629.314.157.279.139.069
    144.416.208.104.625.312.156.277.138.069
    145.413.206.103.620.310.155.275.137.069
    146.410.205.102.616.308.154.274.136.068
    147.408.204.102.612.306.153.272.136.068
    148.405.202.101.608.304.152.270.135.067
    149.402.201.100.604.302.151.268.134.067
    150.400.200.100.600.300.150.266.133.066
    151.397.198.099.596.298.149.264.132.066
    152.394.197.098.592.296.148.263.131.065
    153.392.196.098.588.294.147.261.130.065
    154.389.194.097.584.292.146.259.129.064
    155.387.193.096.580.290.145.258.128.064
    156.384.192.096.576.288.144.256.128.064
    157.382.191.095.573.286.143.254.127.063
    158.379.189.094.569.284.142.253.126.063
    159.377.188.094.566.283.141.251.125.062
    160.375.187.093.562.281.140.150.124.062

                                              ___________________________________